Taverna dos Seis Reinos
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 O Recomeço

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Ter Mar 24, 2015 4:16 pm

-- FLASHBACK --

((Essa interpretação aconteceu a dias atrás.))

A noite da festa finalmente chegaria. Uma noite levemente quente e com uma brisa vinda das montanhas de Gu'tanoth, uma leve brisa, que acariciaria o rosto dos convidados que se aproximariam do Forte da Vigilância, em Yanille.Os oficiais e representantes dos Guardiões de Armadyl estariam do lado de fora do forte, no pátio, os primeiros a chegarem seriam os Gnomos e os seus Reis, os quais já chegariam tomando seus acentos no Salão do Forte, em uma das três grandes mesas no centro do salão, eles se sentariam na mesa a direita, após eles, chegariam o representante dos Elfos e dois acompanhantes, uma comitiva estranhamente pequena, eles se sentariam na mesa no centro, no extremo norte da mesa, próximo ao trono do Regente, após os elfos, chegariam os Anões e o Rei Veldaban, que ficariam próximos da mesa a direita, porém, não se sentariam, por último chegariam os Magos da Guilda dos Magos, juntos de Lucaerys e Zephiel, os quais se sentariam na mesa central, ao lado dos elfos. Ephidel e Limstella chegariam ao mesmo tempo que Gwinevere, Katherine e Arnold entrariam no salão e tomariam suas posições, Gwinevere e Katherine ficariam uma ao lado da outra próximos do trono, enquanto Arnold ficaria ao lado da porta que levaria as escadas a direita do trono. Após Solaire entrar no Salão acompanhado da Rainha Faraônica Hylla Kane, descendo das escadas a direita do trono, ele iria para o trono e ficaria em pé em frente ao trono, enquanto Hylla se sentaria junto dos elfos e próximo de Zephiel, Ephidel, Lucaerys e Lim, nisso, Solaire declararia que a festa começaria, músicos apareceriam e empregados serviriam comida para todos.

Solaire não daria tempo para começarem a comer, logo dando um discurso sobre o conflito entre Saradoministas e Zamorakianos em Guilenor, propondo uma aliança entre os Reinos e Impérios que não tem nada a ver com esse conflito, mas seriam atingidos por ele. Os Gnomos não dizem nada, por já serem aliados de Solaire, enquanto os Elfos e Anões questionam os motivos de participarem disso, por estarem protegidos por seus poderios militares ou de terreno, após Solaire comentar sobre e Ephidel também, os Elfos declarariam aliança a Solaire, enquanto os Anões o ignorariam e iriam embora, então, Solaire declara que a festa comece.

Enquanto todos festejavam, comiam e bebiam, Solaire foi junto de Katherine e Hylla até Lucaerys e Zephiel, os suspeitos que ele há havia comentado para Hylla, Ephidel e Lim o seguiriam, ao se aproximarem de Lucaerys, Solaire apresenta Hylla para o Arquimago, fazendo-a analisar as forças mágicas de Lucaerys, após uma confirmação da fonte da magia de Lucaerys, Solaire daria o sinal para Katherine usar a magia que havia aprendido com Lim e o diário de Renek Kane, então, Katherine enxergaria a aura distorcida de Lucaerys, mostrando a presença de várias almas em um único corpo, também, notaria sua ligação com Zephiel, estaria claro agora, ela então sairia andando e anotando coisas, que seria o sinal para Solaire. Solaire então chama Zephiel e os dois vão para o escritório do Regente no Forte, aonde Solaire o interroga. Katherine, Hylla e Lim ficariam "assistindo" tudo com os poderes de Hylla e Ephidel iria espionar a conversa. Gwinevere sumiria do salão, indo para fora do forte e manteria seu arco pronto e mirando através da janela do forte, causo Zephiel tomasse alguma ação agressiva. Enquanto discutiam, Katherine mencionaria a segurança de Solaire e sairia do Forte, indo para a Guilda dos Magos fazer o comunicado da descoberta para alguns magos selecionados. Após Zephiel contar a verdade para Solaire, por sua palavra, Solaire se obrigaria a deixar Zephiel partir, para o desgosto de Ephidel, Zephiel partiria para a Guilda junto de Lucaerys, aonde mudaria suas memórias e aparência, partindo em seguida para fora de Kandarin junto de seus magos da ex-IMZ. Solaire voltaria triste para o Salão, ficaria por algum tempo e depois iria para seu quarto, Hylla o acompanharia e daria palavras de conforto, como também um abraço, mas seria apenas isso, Hylla iria de volta para seu quarto e Solaire ficaria sozinho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lucis



Mensagens : 111
Data de inscrição : 11/02/2015

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Ter Mar 24, 2015 8:24 pm

Quando Ephidel está se preparando para sua "missão" em Ardonha, ele cruza com Solaire, eles tem um curto dialogo que resulta num duelo amistoso. Depois disso Ephidel se dirige pra Ardonha (tendo sido derrotado).

_________________
"Eu sou um homem morto. Apenas mais um dentre esses tantos milhões de almas no submundo. Um cadáver. Mas até que este corpo perceba isso, eu vou continuar lutando. Eu vou limpar esse mundo de vermes como você."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Sex Mar 27, 2015 9:45 pm

A Emboscada de Gu'Tanoth

Um dia após a chegada do Cavaleiro-Comandante Arnold de la Croix, a Grã-Conselheira em Ascensão Katherine e a Mestre Espiã Gwinevere Augustine, vindas de Menaphos, o Grão-Conselheiro Solaire Silvaris teria uma reunião com esses membros e alguns oficiais dos Guardiões, uma reunião que duraria uma tarde inteira. Após a reunião e na noite do mesmo dia, Katherine iria organizar os magos da Guilda dos Magos e comunicar o Morph Ogro Bulcucus.

No dia seguinte e de forma repentina, Solaire organizaria os Guardiões de Armadyl com a ajuda de Ephidel, Lim sendo contra ao risco que Solaire tomaria,mesmo assim ele organizaria todas suas divisões, e os movimentaria para Gu'Tanoth, junto dos magos da Guilda dos Magos. Lá, os Arqueiros e Magos ficariam sobre as montanhas e observaria a entrada sul de Gu'Tanoth, tendo uma posição privilegiada do campo, com os Guardiões Guerreiro estando em linha no único acesso ao centro de Gu'Tanoth por ali. Bulcucus, o Morph Ogro, largaria uma isca nos ouvidos do Líder Ogro de Oo'glog, dizendo a ele que Gu'Tanoth estaria sem guarnição e apenas humanos trabalhadores estariam por lá, imediatamente, eles marchariam para Gu'Tanoth.

Ao chegarem, notariam um número baixo de resistência nas entradas da ex-cidade Ogra, menos da metade de seus números, então, eles avançariam com agressividade e sem pensar muitas vezes, caindo na emboscada planejada pelos Guardiões. No inicio do assalto, as tropas aliadas derrubariam rochas das montanhas, fechando a retaguarda ogra, em seguida, Bulcucus entendo errado o planejamento, seria esmagado pelas rochas e com ele explodiriam os explosivos mágicos que ele teria, eliminando poucos ogros, então, começaria a morte chover dos céus, com bolas de fogo, magias da terra e flechas caindo sobre os ogros. Antes deles chegarem as tropas Guerreiras Aliadas, já teriam perdido 4/5 de suas tropas, então, os Guerreiros eliminariam o resto, com algumas perdas.

Após a batalha, Arnold reuniria metade das tropas Guardiãs e partiria para Oo'glog, aonde ele daria um ultimato para os ogros sobreviventes partirem para Karanja, que seria o que fariam. Ainda em Gu'Tanoth, Solaire ordenaria que os magos colocassem fogo nos corpos dos ogros e reunissem os corpos dos Guardiões mortos em batalha em piras funerárias no centro da cidade, Solaire pessoalmente queimaria o corpo de Bulcucus, colocando suas cinzas em uma urna para depois fazer uma homenagem a ele, depois, Solaire se teletransportaria com Ephidel de volta para Yanille, aonde eles teriam uma conversa com Lim. Até o final da conversa, os guardiões já estariam chegando na cidade.

--- Baixas: ---

Aliadas: 300 Guardiões de Armadyl das Divisões de Infantaria.

Inimigas: Todos os Ogros de Oo'glog.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Sab Mar 28, 2015 4:13 pm

Alguns dias após a batalha, Arnold se reuniria com Solaire, Katherine e Gwinevere, para discutirem a segurança dos projetos secretos e objetos de valor dos Guardiões. Nessa reunião, Arnold decidiria que aumentaria a guarda do Forte e a dividiria em alguns turno, ele participando pessoalmente da organização desses turnos, Gwinevere comentária sobre os espiões que teriam seguido Solaire em sua viagem para Piscatoris, então, decidindo aplicar seus conhecimentos de espionagem para a contra-espionagem dentro de Yanille e Katherine, após ter feito contato com os aliados Elfos, começaria a instalação de dispositivos de luz com cristais élficos pelo Forte e Guilda dos Magos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Inativo
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 733
Data de inscrição : 02/11/2014
Localização : Guilenor
Emprego/lazer : Bruxo
Humor : Indiferente

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Dom Mar 29, 2015 9:21 pm

Fenrir seguiria para a Guilda dos Magos para conversar com Katherine, e chegaria num momento de "complicação" entre os magos. Eles estariam decidindo quem seria o Arquimago, então Fenrir sugere Katherine para subir ao cargo, e a maioria aceita a proposta. Então Katherine e ele tem uma conversa em particular sobre a possibilidade de ele ter acesso ao laboratório da Guilda, para alguns experimentos específicos, e ele explica quais seriam. Ela então permite, desde que ele seja supervisionado por ela, e então vai embora.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://seisreinos.forumeiros.com.pt
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Seg Mar 30, 2015 5:34 am

Anos de pesquisa dentro dos Guardiões de Armadyl, usando o conhecimento que eles adquiriram com os anos, depois, o uso de conhecimento da Guilda dos Magos e por último da Torre dos Magos, e com a Guilda dos Magos sobre seu comando, Katherine finalizaria a pesquisa sobre as Cidadelas, entregando o enorme grimório contendo tudo para Arnold, para ser entrego depois para Solaire.

Antes de viajar para Menaphos, Solaire deixaria Arnold cuidando da regência e, por seu cargo, Arnold também seria o oficial de maior hierarquia nos Guardiões e Guarda de Yanille, usando essa influência e sem, ainda, a permissão de Solaire, ele começaria a construção de um portal constante no centro de Yanille, enquanto construíam o portal, Arnold ordenaria a Katherine que, com o apoio da guilda, levasse Guardiões e alguns trabalhadores para duas das três cidadelas, a localizada em Kandarin e Misthalin, aonde começariam a averiguação das construções e a instalação de soldados e trabalhadores nos seus respectivos fortes.

--- Gastos na construção do Portal ---

Grande Portal: 10.000 Moedas de Ouro

Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Qua Abr 01, 2015 1:13 pm

Depois de ler as estrondosas noticias da carta de Rainha Faraônica, Solaire enviaria emissários para os Reis Gnomos, os Elfos e o Rei Veldaban, convocando-os para uma nova reunião em Yanille, desta vez, Solaire mencionaria informações diferentes para Veldaban.

Ao chegarem e se reunirem na Sala de Reuniões do Forte da Vigilância, Solaire contaria as noticias que teria recebido, imediatamente deixando todos os presentes em estado de alerta, inclusive Veldaban, que desta vez, aceitaria a aliança com Solaire, criando então, O Pacto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Seg Abr 06, 2015 2:57 am

Após os planejamentos concluídos, Arnold enviaria Gwinevere e parte de sua divisão para uma missão nas redondezas do Forte Khazard.

Gwinevere e seus soldados esperariam até a noite, ficando próximos de uma das rotas dos Soldados Khazard no lado de fora do Forte, lá a divisão dos Guardiões atacariam os homens, estando em uma desvantagem absurda, seriam derrotados e o seu oficial capturado, Gwinevere deixaria armas Gnomicas junto aos corpos.

O Oficial do Exército Khazard seria levado para Yanille e jogado nos calabouços, aonde Arnold e Gwinevere começariam a ... conversar ... com ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Ter Abr 07, 2015 1:53 am

Após longas noites e dias de uma conversa muito amigavel, Arnold e Gwinevere conseguiriam informações sobre a movimentação das tropas Khazard, e também, a situação exata de seu fronte de batalha com os Gnomos. Após isso, a situação seria entregue para Solaire, que imediatamente, botaria suas tropas para marcharem, as deixando metade de suas tropas ocultas em florestas, túneis e fazendas, enquanto a outra metade, ficaria no campo, fingindo um acampamento. Após isso, Solaire convocaria Khazard para uma reunião em um moro entre Yanille e o Território Khazard.

Solaire também enviaria uma carta para a Aldeia dos Gnomos Arborícolas e uma para o Forte dos Gnomos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Ter Abr 07, 2015 3:22 am

--- A ANIQUILAÇÃO DE KHAZARD ---

O dia da reunião chegaria, Khazard já esperando no morro como programado com Solaire, o Rei dos Justos chegaria primeiro, acompanhado de Arnold, aonde teria uma pequena reunião com Khazard, lhe dando uma chance de fugir e ir embora, o mesmo faria piada dos Armadyleanos e Solaire, então, Solaire simplesmente iria de encontro com um pequeno regimento que estaria ao pé do morro. Khazard não havia nem chegado ao encontro de suas tropas ainda, quando as tropas Guardiãs começariam a duplicar, aparentemente, teriam soldados abaixados atrás da formação de escudos, sendo agora 3x mais tropas do que aparentava ter, em seguida, Guardiões começariam a sair de túneis, matas e casas dos fazendeiros da região, também, os Magos da Guilda apareceriam por via de teleporte.

Khazard seria impressionado e suas tropas estariam desorganizada, quando ele começaria a dar ordens, notaria que os Gnomos começariam a pressionar o fronte, forçando Khazard a usar apenas metade de suas tropas contra os Armadyleanos. Até Khazard conseguir reunir suas tropas, os Armadyleanos já estariam no topo do morro e com seus arqueiros e magos posicionados, os guerreiros já estariam descendo o morro rumo ao encontro dos Zamorakianos, Khazard então ordenaria que suas tropas atacassem.

A batalha duraria pouquíssimo tempo, as tropas Khazard seriam aniquiladas pelas flechas e magias de fogo antes que chegassem perto da linha de frente Armadyleana, quando a batalha acabasse, os prisoneiros da arena Khazard se rebelariam, indo ao encontro das tropas Khazard no outro flanco, finalizando o combate por lá e dando assistência aos Gnomos, após isso, eles voltariam a arena e cercariam Khazard, que estaria em seu centro, os Guardiões e Gnomos então marchariam para o interior do forte, aonde Solaire, Arnold e Katherine iriam até o centro da arena, aonde seriam recebidos pelos prisoneiros por festejos e vários se ajoelhariam para ele, nisso, Solaire começaria uma discussão com o General Khazard, distraindo-o enquanto Gwinevere escalaria uma das torres da arena e se posicionaria, durante as discussões, o General atacaria Solaire, o mesmo se defendendo com seu enorme escudo, então, Gwin acertaria uma flecha que atravessaria a cabeça do Mahjarrat, fazendo-o cair duro no chão.

Após queimar o corpo do Mahjarrat e juntar as cinzas em uma urna, Solaire faria um discurso para os prisoneiros, dizendo que eles poderiam partir ou ficar e construírem uma nova vida na região, sobre a bandeira dos Armadyleanos, a maioria aceitaria. Solaire então se reuniria com os Gnomos, aonde teria um grande festejo e Solaire cairia nas graças do povo Gnomico.


--- Perdas da Batalha: ---

Aliados: 0 mortes.
Inimigos: Todos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Ter Abr 07, 2015 3:32 am

Com o apoio Gnomico na construção de uma Cidade na ex-região Khazard, Solaire ordenaria que derrubassem toda construção ou objeto que tivesse alguma ligação muito grande com o, agora morto, General Khazard. Com o material disso, ele ordenaria a reforma das casas e edifícios do local, também modificando a construção central em um forte com mais potencial defensivo.

Solaire nomearia a nova cidade de Nova Donha.

--- Gastos: ---

A re-utilização dos materiais cortam os gastos em 25%.

Reforma do Forte: 5.000 Moedas de Ouro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Qua Abr 08, 2015 6:04 am

Seria entregue a Solaire um relatório que acrescentaria os espólios da batalha contra Khazard aos espólios das batalhas contra os ogros, nisso, Solaire tomaria a seguinte decisão: Todas armas, armaduras e objetos de metal seriam derretidos, este metal, seria utilizado para cortar gastos na fabricação de armas e armaduras para os Guardiões, Guarda de Yanille e uma futura Guarda de Nova Donha, os materiais de construção recuperados do cerco a Khazard e das cidades dos ogros seriam levados para Nova Donha e a Colônia de Mineração em Gu'Tanoth, aonde seriam re-utilizados para cortar gastos na manutenção dos edifícios e na construção e, finalmente, os materiais de valor, como ouro e prata, seriam derretidos e transformados em moeda, sendo acrescentados >apenas< para o cofre de Yanille.

--- Ganhos: ---

Corte de gastos em Armamento: +20.000 Moedas de Ouro.
Corte de gastos em Reparações e Construções: -15.000 Moedas de Ouro em futuras construções em Nova Donha e Gu'Tanoth (que está anexada a Yanille).
Ganhos no derretimento do Ouro e Prata: +50.000 Moedas de Ouro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Qui Abr 09, 2015 5:55 pm

A construção do portal em Yanille finalmente estaria concluído, sendo agora, uma rota direta e constante para a Cidadela que flutua sobre Kandarin.

Na cidadela de Kandarin, seria reparado o portal para a cidadela de Misthalin, assim como o portal desta outra cidadela, agora as duas teriam uma ligação direta também. Solaire declararia que por um ano, o povo que se movesse para morar nas cidadelas flutuantes estariam livres de impostos, começando de uma forma massiva a mudança de pessoas de todos os lugares para as cidadelas.

Nelas, Solaire começaria abrindo os grandiosos templos, aumentando a influência Armadyleana nelas e sobre quem fosse para essas cidadelas. As noticiais se espalhariam de forma rápido pelos reinos, assim, fazendo pessoas do mundo todo procurarem Yanille para morarem nas cidades voadoras.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Sex Abr 10, 2015 9:18 am

Após enviar Guardiões para aumentar a influência no restante do Reino de Kandarin, Solaire teria uma reunião com Arnold e Gwinevere, que o ... lembrariam dos sacrifícios necessários para chegar a conclusão do sonho que eles compartilham, Solaire então contaria os últimos acontecimentos que afetaram o seu emocional, Gwinevere então conversaria com Solaire sobre sua antiga esposa e o que levou ao acontecido e também como afetou Solaire na época.

Uma longa noite de conversa, então, Solaire concordaria com Arnold e Gwinevere.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angelloh

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 22
Localização : Rio Grande do Sul
Emprego/lazer : Roleplayer
Humor : Irônico

MensagemAssunto: Re: O Recomeço   Sex Abr 10, 2015 11:50 am

A Queda do Culto de Hazeel

Alguns dias teriam passado e Zephiel apareceria, em sua aparência normal, no Salão do Forte da Vigilância, aonde Solaire estaria discutindo sobre algum assunto desconhecido para Zephiel no momento. O Meio-Mahjarrat então convocaria Solaire para uma reunião a sós, Solaire daria algumas ordens e então iria para o escritório com Zephiel.

Depois de alguns minutos em reunião, Solaire já esperaria por Zephiel e sua convocação, já estando com tudo pronto, apenas selado tratos nessa reunião. Após isso, Solaire movimentaria suas tropas para uma das entradas dos túneis para os esgotos de Ardonha, Zephiel então iria na frente, convencendo a maioria dos cultistas a se renderem, indo para uma fazenda abandonada próximo da saída dos túneis, lá, eles ficariam a espera, enquanto Solaire e os Guardiões invadiriam o esconderijo de Hazeel e levariam os cultistas para a lâmina da espada Armadyleana. Após matarem os poucos cultistas lá, Solaire, Gwinevere, Katherine e Fenrir travariam uma fatal batalha contra Hazeel, conseguindo derrota-lo e aprisiona-lo, teletransportando-o para uma cela especialmente construída para ele no Forte da Vigilância, selada com centenas de barreiras mágicas e luzes extremamente fortes.

Ao saírem dos túneis, notariam que os cultistas que teriam se rendido estariam todos mortos na fazenda, que estaria as chamas, com a guarda de Ardonha saindo do local, os Guardiões que estariam observando se aproximariam de Solaire e o explicariam o acontecido, Solaire ficaria enfurecido e partiria de volta para Yanille. Antes de partir, ordenaria que os Guardiões saqueassem todo o esconderijo de tudo que teria valor, levando para Yanille.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Recomeço   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Recomeço
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Começando de baixo
» Qual moto começar ou recomeçar?
» vermelinha voltou para o papai kkk Só alegria e novo recomeço
» Renovação BB - Recomeça o martírio

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Taverna dos Seis Reinos :: Interpretação em texto :: Tópicos de Interpretação-
Ir para: