Taverna dos Seis Reinos
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 A Liberdade do Deserto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lucis



Mensagens : 111
Data de inscrição : 11/02/2015

MensagemAssunto: A Liberdade do Deserto   Seg Fev 23, 2015 11:48 pm

(Tópico para registro de interpretação de Renek "Lucis" Kane)

Renek e Ephidel se encontram com Solaire e Katherine na forja de Yanille, se intrometendo nos assuntos dos dois, com Ephidel se mantendo quieto. Renek diz ter uma equipe preparando um presente para Solaire, após a discussão acabar, e apresenta o projeto da espada que Thurgo estava forjando. Solaire se intriga com como eles deixariam a espada "funcional". Após algum tempo analizando o presente, Solaire começa a falar com Ephidel, dizendo o quanto a cidade devia para ele, mas Ephidel simplesmente nega as honras de tudo, inclusive do covil dos dragões, dirigindo-as a Solaire. Katherine e Solaire começam a deixar Renek "pra baixo", ressaltando como "a sua maior criação" se tornou um homem melhor que muitos homens por aí. Após algum tempo, Katherine tenta levantar o moral dele e depois vai embora. Após isso, Renek decide se abrir para Solaire e Ephidel, demonstrando seus recém-adquiridos sentimentos ao dizer que tomou muitas decisões erradas, que não poderiam ser desfeitas. Após um longo diálogo, Renek abre o jogo para Solaire: que ele possuía 4 criações: Bulcucus, Ephidel, Clyteus e Limstella. Ele diz que Limstella era a única que possuía sentimentos verdadeiros e vontade própria desde que foi criada. Ele diz que agora, todos eles podem escolher fazer o que quisessem, desde que não o matassem, pois isso encerraria a vida dos 4 também. Solaire ressalta alguns pontos sobre Limstella, e sua pequena suspeita de que a mesma era um morph, mesmo que dando sinais de que sentia algo por ela. De qualquer forma, Renek ressalta que ela foi feita com a intenção de ter sentimentos reais e uma vida própria, e isso era o que a tornava a criação perfeita. Além do mais, ela era o exato oposto dele. Solaire discorda, mas Renek apenas rebate dizendo que este não o conhecia muito, antes disso. Solaire é chamado por um ferreiro, que diz que as armas de Gu'tanoth já estavam derretidas e transformadas em metal. Eles se despedem, e Renek comenta algo sobre Limstella querer falar com ele mais... "Diretamente", Solaire tem uma reação estranha com isso. Ephidel e Renek começam a discutir, por Ephidel não saber de Limstella até esse momento. Eles se entendem, tudo isso depois que Solaire vai embora, e teleportam.

Novamente, sem que ela suspeite de nada, Renek troca a cor dos olhos de Limstella para dourado enquanto a mesma dorme.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lucis



Mensagens : 111
Data de inscrição : 11/02/2015

MensagemAssunto: Re: A Liberdade do Deserto   Qua Fev 25, 2015 6:20 pm

... Na guilda, Limstella acaba esbarrando com Katherine no corredor, derrubando os livros da mesma. Após pedidos de desculpas uma pra outra, Kat pede ajuda para ela com uma coisa, o que inclui carregar uma pilha de livros e um baú, incrivelmente leves, que estavam na sala dela, para a tenda de Solaire. Ela aceita, e quando chegam lá, Solaire fala do que que se trata. Feitiços de "suporte", para aumentar a força, resistência, defesa, etc, da pessoa em quem o mesmo é conjurado. Após uma curta conversa, Katherine deixam os dois a sós, e eles começam a discutir sobre esses mesmos feitiços. Arnold passa por lá do nada, assustando Limstella e deixando-a com um pouco de medo até que ele fosse embora, depois de alguns comentários direcionados a ela e responder algumas perguntas da mesma. Solaire começa a notar a humanidade legítima dela, e pergunta qual a ligação dela com Renek. É nesse momento que ela revela que ela acredita que ele seja o pai adotivo dela, que salvou sua vida após a antiga família ter abandonado a mesma. Nisso, os olhos dela se enchem de lágrimas, que ela começa a enxugar. Solaire começa a desviar o assunto, mesmo estando pensando em Renek, até que ela o faz falar, e ele pede que ela leve Renek para lá. Após isso, Solaire pede que ele conte a verdade pra ela, dando início a uma discussão entre os dois, com Renek querendo preservar ela e sua crença em ser uma humana, como os outros. No final, ele é convencido. Quando tudo isso é revelado, Limstella tem uma crise de fúria contra Renek e, ao mesmo tempo, tristeza a um ponto quase depressivo. Solaire tenta consolar ela, ficando um bom tempo conversando e limpando as lágrimas dela, até um ponto em que ela se acalma, custosamente. Depois disso, Solaire se sente meio envergonhado com a situação e manda Renek dar uma volta com ela, e faz os dois aceitarem, enquanto ele se mobiliza para ver os relatórios das tropas em Oo'glog.

_________________
"Eu sou um homem morto. Apenas mais um dentre esses tantos milhões de almas no submundo. Um cadáver. Mas até que este corpo perceba isso, eu vou continuar lutando. Eu vou limpar esse mundo de vermes como você."
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Liberdade do Deserto
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dois motards de Portalegre morrem em expedição pelo deserto de Marrocos
» foto 09
» 9 Motas e 14 Mustafas do M&D em Marrocos
» Deserto do Atacama - Chile - abr/13
» Um Peixe no Deserto

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Taverna dos Seis Reinos :: Interpretação em texto :: Tópicos de Interpretação-
Ir para: