Taverna dos Seis Reinos
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Memórias de Renek "Lucis" Kane

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lucis



Mensagens : 111
Data de inscrição : 11/02/2015

MensagemAssunto: Memórias de Renek "Lucis" Kane   Seg Mar 02, 2015 12:01 am

Memória 1: O Começo de Tudo

A primeira memória não é muito importante, apenas mostra Renek declarando sua jornada atrás de glória em sua juventude, ofensas com sua irmã, e este pulando da sacada da casa, indo embora por anos.

Memória 2: A Dança da Morte

1 ano depois...

Renek recebe um contrato de um mercador rico, já tendo uma carreira razoável como um mercenário, para eliminar uma gangue inteira que estava atrapalhando os negócios do mercador. Ele pega o pagamento adiantado e se dirige sozinho para o acampamento da gangue, eliminando facilmente os dois guardas mais fortes e atraindo os outros 50 membros da gangue. Com o ataque deles, ele declara que agora, todos estariam, junto dele, dançando a Dança da Morte, e elimina todos sem que eles possam sequer tocar no mesmo. Em seguida, ele volta para o mercador, ensopado de sangue, exigindo o resto do pagamento.

Memória 3: A Ira do Deserto

Algum tempo depois...

Renek se envolve em uma batalha, sozinho, contra o bando de um mercenário rival, com uma grande fama, chamado Karim. Renek, tendo eliminado vários como este antes, resolve que Karim seria o próximo, e após eliminar o bando inteiro, se depara com Karim.

Renek: Eles estão todos mortos... Acabou, Karim. Seu tempo aqui acabou.
Karim: Não. O seu tempo acabou!

Eles iniciam uma batalha violenta, que resulta em ferimentos em ambos.

Renek: Hm... Impressionante... Você é o primeiro a ter aguentado mais de um ataque. Heh...
Karim: ...
Renek: Você já está morto. Só não percebeu ainda.

Eles continuam lutando, exaustando Renek.

Renek: É... Tudo... Que você... Tem... ?
Karim: Observe.

Karim consegue cegar Renek com a areia, mas este continua aparando seus ataques usando o movimento do vento e os sons das cimitarras cortando o ar como um meio de se orientar. Subitamente, o barulho cessa... E Renek sente o aço das cimitarras queimando seu peito, tendo atravessado o mesmo.

Renek: Gah...
Karim: Renek... Você não tem lugar. Você é apenas um garoto com ilusões de grandeza. Você acha realmente que poderia se equiparar a um dos maiores guerreiros de todo o deserto ? Você é patético.
Renek: ...
Karim: Você não é nada. NADA. Aproveite bem o que encontrou aqui, garoto. É algo que você nunca terá de novo... Assim como todo o resto.
Renek: ...
Karim: Seu tempo aqui acabou. Você não foi feito pra isso.

Nesse tempo, a poeira baixa.
Os olhos de Renek começam a ficar vermelhos.

Renek: ... Não. O seu tempo aqui acabou, Karim.
Karim: Como ? Não. Impossível ? O que é você ?

O pavor nos olhos de Karim é facilmente notado.

Renek: Aproveite isso. É uma experiência ÚNICA. EU NÃO TENHO ILUSÕES. EU SOU O MELHOR!

Renek agarra a mão de Karim e a quebra, sendo que este já estava ferido, e arranca a cimitarra do seu peito. Em seguida, a última coisa que Karim sentiria seria a lança de Renek o impalando no peito. Depois disso, o buraco no peito de Renek se cura com rapidez, e ele começa a destruir o corpo sem vida de Karim.

Memória 4: O Flagelo das Areias

Renek entra na tenda de Ptah, o homem que o ensinou a lutar, e antigo campeão da Arena de Duelos. Ele o desafia para uma luta até a morte, para provar que o supera em todos os quesitos. Ptah, pela honra aceita, mas não antes de oferecer uma oferenda a Het. Eles duelam numa planície perto da tenda, e Ptah é facilmente derrotado por Renek.

Ptah: Não... Não... Eu sou o campeão de Het... Eu não posso morrer assim!
Renek: Quanta arrogância. Você está bem diferente de quanto o conheci.

Ptah, caído no chão, arremessa sua arma em Renek, que facilmente a para com a sua lança.

Renek: Um truque desses ? Eu acho que quem poderia estar fazendo isso aqui sou eu, não você.

Renek, enfurecido com a falta de desafio, usando magia, incinera Ptah vivo, deixando que seu corpo seja incinerado e que ele grite em agonia durante todo o processo.

Memória 5: O Recomeço

Tendo eliminado todos os outros mercenários no Kharid inteiro, restava apenas uma coisa: derrotar M'aiq, o mais habilidoso guerreiro de todo o deserto. Ele sabia dos planos do mesmo de migrar para Kandarin, então ataca sua torre no último momento possível, chegando pela Dimensão das Sombras até o terraço da torre, onde ele desafia o mesmo para uma luta. Após um curto diálogo, com provocações de Renek, M'aiq aceita e revela sua verdadeira forma, deixando Renek nervoso. Isso, combinado com sua incrível agilidade, faz com que ele derrote Renek sem esforço algum, o segurando de cabeça pra baixo na beirada da torre, desarmado, tendo a lança de Renek em posse própria. Dando para Renek a opção de desistir e ser poupado, ele atiça o orgulho de Renek ainda mais, que arremessa uma adaga e uma piroexplosão na cabeça do mesmo, que desvia de ambos facilmente e solta Renek. Durante a queda, ele arremessa sua lança (de M'aiq, no caso), que possuía um orbe na outra ponta, a qual Renek agarra no ar, mas a larga, tendo os olhos vazios e seu orgulho estilhaçado... Ele cai com tudo na areia.

Tendo miraculosamente sobrevivido, embora extremamente ferido, ele apanha a lança de M'aiq, a qual continuou usando para "sempre", e começa a refletir sobre as próprias atitudes, enquanto começa lentamente sua jornada de volta para casa, agradecendo M'aiq, mentalmente, por ter-lhe feito enxergar os erros em suas atitudes e escolhas, e por tê-lo parado e derrotado-o.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Memórias de Renek "Lucis" Kane
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Quais são as consecionárias JAC que fecharam suas portas ?
» O som do meu Ka 2012 perde a memória que fazer?
» RESETANDO parâmetros ECU e injeção/ memória de erros
» FULLFEST
» GPS IGO - AJUDA

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Taverna dos Seis Reinos :: Histórias-
Ir para: